Nossa empresa não tem filiação com Órgãos Governamentais, trata-se de um Despachante de Visto e Passaporte.
Informamos que é possível realizar os trâmites pela fonte oficial, onde os formulários encontram-se disponíveis gratuitamente.

(11) 3199.8580SÃO PAULO
(19) 3029.1990CAMPINAS-SP
(21) 3900.8580RIO DE JANEIRO

Assessoria em Vistos e Passaportes

slogan S2 Vistos

Notícia publicada em: 

Dólar e estoques altos projetam Natal fraco

Dólar – Expectativa é que o volume de vendas cresça 4,5% no Natal em relação à mesma data de 2012

Dólar em alta

Dólar em alta

Dólar – A disparada do dólar e a desaceleração de vendas no varejo complicaram as negociações entre indústria e comércio para o fim do ano e derrubaram as projeções para o Natal. A expectativa é que o volume de vendas cresça 4,5% no Natal em relação à mesma data de 2012, segundo a Confederação Nacional do Comércio (CNC). É praticamente a metade da alta no Natal de 2012 (8,1%) e a menor variação para a data em quase dez anos.

“Há possibilidade de que essa taxa de crescimento seja ainda menor por causa do avanço do câmbio, que pressiona os preços”, diz o economista da CNC, Fábio Bentes. Ele considera nas suas contas o dólar a R$ 2,30, a mediana das projeções do mercado, de acordo com o Boletim Focus do Banco Central. Na sexta-feira, o câmbio fechou a R$ 2,35, acumulando alta de 15,21% no ano e de 17,68% desde abril.

As encomendas de fim de ano do varejo para a indústria começam a ser fechadas no mês que vem num cenário turbulento, que combina forte pressão de custos, provocada pela subida do dólar, com desaceleração de vendas no varejo e acúmulo de estoques indesejados na indústria.

“O momento é ingrato para fechar os pedidos”, resume o diretor de Pesquisa Econômica da GO Associados, Fabio Silveira. Em junho e julho, os preços dos insumos industriais acumulam alta de 4% em reais, mostra o indicador elaborado pela consultoria a partir de 13 itens, a maioria deles matérias-primas.

Além das altas já ocorridas, as pressões de preço continuam. A CSN, por exemplo, anunciou reajuste entre 5,5% e 6,75% do aço neste mês. A Braskem, gigante na produção de resinas plásticas usadas em embalagens e nos eletroeletrônicos, elevou em 5%, em média, os preços em julho por causa da alta da nafta, cotada em dólar, conta o vice-presidente de Poliolefinas e Renováveis, Luciano Guidolin. “Deveremos ter uma complementação desse reajuste este mês de 4% a 5%.”

Segundo um industrial que prefere não ser identificado, fazia muito tempo que não ocorriam tantos reajustes de preços de insumos simultaneamente. Um segmento no qual a pressão do dólar logo aparece é na linha de aparelhos de áudio e vídeo. Mais da metade dos componentes usados nas TVs, por exemplo, é importada.

“O reajuste é inevitável”, diz Lourival Kiçula, presidente da Eletros, associação de fabricantes de eletroeletrônicos. Segundo ele, “alguma coisa” vai chegar no preço ao consumidor, pois a indústria tem limite para absorver alta de custo.

“Não mexemos nos custos ainda, mas, dependendo da flutuação do dólar, poderemos aumentar preços”, diz a gerente de marketing de Home Entertainment da LG Electronics do Brasil, Fernanda Summa, fazendo referência aos televisores.

Contrapeso. Apesar de a indústria se declarar “no limite” para absorver aumentos de custos sem repassar para os preços, ela carrega um contrapeso que pode ser um fator desfavorável nas negociações com o varejo: o aumento de estoques.

Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que, desde abril, as fábricas acumulam um volume indesejado de produtos acabados. Esse acúmulo é nítido nas indústrias de grande porte. Em julho, último dado disponível, o indicador de estoques atingiu 54,5 pontos, a maior marca desde junho de 2012.

Acima de 50, o índice revela acúmulo e abaixo dessa marca, redução. “O estímulo à produção que viria com as encomendas de Natal deve ser atenuado pelo peso dos estoques”, diz Renato da Fonseca, gerente de Pesquisa da CNI. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

 

Fonte: Exame.com

Por S2 Vistos e Passaportes

Contato: [email protected]

 


  • imagem Dicas para passagens aéreas mais baratas!

    Dicas para passagens aéreas mais baratas!

    Nesta semana as passagens aéreas podem ficar mais baratas!  Dicas para passagens aéreas mais baratas! A pesquisa mostra que para destinos internacionais a semana do dia 14 a 19 de outubro as passag...

  • imagem Arábia Saudita terá visto para turista

    Arábia Saudita terá visto para turista

    Qual o intuito dessa nova medida? Arábia Saudita terá visto para turista. O objetivo com essa inovação é poder diversificar os recursos da Arábia. O principal foco é o investimento do programa ...

  • imagem Como viajar com o meu pet

    Como viajar com o meu pet

    Como viajar com o meu Pet de avião? Gostaria de saber como viajar com o meu pet, pode me ajudar? Claro, o primeiro passo, é saber qual o tipo de viagem que você vai fazer. Pois, fazer uma viagem be...

  • imagem Dicas para passagens aéreas mais baratas!

    Dicas para passagens aéreas mais baratas!

    Nesta semana as passagens aéreas podem ficar mais baratas!  Dicas para passagens aéreas mais baratas! A pesquisa mostra que para destinos internacionais a semana do dia 14 a 19 de outubro as passag...

  • imagem Arábia Saudita terá visto para turista

    Arábia Saudita terá visto para turista

    Qual o intuito dessa nova medida? Arábia Saudita terá visto para turista. O objetivo com essa inovação é poder diversificar os recursos da Arábia. O principal foco é o investimento do programa ...