Passaporte

Como tirar Passaporte?

Passaporte – Esta página pertence à uma empresa privada, sem filiação com a Polícia Federal, trata-se de um Despachante de Passaporte. Informamos que é possível realizar os trâmites pela fonte oficial, onde os formulários encontram-se disponíveis gratuitamente.

Aproveite as dicas para tirar o passaporte, se persistirem as dúvidas, entre em contato conosco!

ALERTA – PRAZO SEM PREVISÃO PARA A CONFECÇÃO DO PASSAPORTE A PARTIR DA DATA DE 27/06/2017.

DESPACHANTE S2 VISTOS

Fone: (11) 3199  8580 | (21) 3900 8580 | (19) 3029 1990.

Passaporte – Para a emissão do Passaporte Brasileiro é preciso estar em dia com toda e qualquer pendência com a República do Brasil, as pendências mais comuns entre os cidadãos brasileiros são: quitação eleitoral e as obrigações militares.

Como Tirar Passaporte Passo a Passo?

Primeiro passopara tirar o passaporte, você deve entrar no site da Polícia Federal e acessar a página “passaportes”.

Segundo Passo – você deve se cadastrar ao preencher o formulário eletrônico de solicitação de passaporte.

Terceiro Passo – após o cadastro ser efetuado com sucesso, será gerado um número de protocolo, com este você deverá emitir o boleto da taxa GRU (Guia de Recolhimento da União), o pagamento deverá ser efetuado até a data de vencimento, você deverá apresentar o comprovante de pagamento original, efetuado na boca do caixa de qualquer agência bancária.

Quarto Passo – o ultimo passo será o agendamento na Polícia Federal, para apresentar todos os documentos. Todos os solicitantes tem que efetuar o agendamento prévio. Por fim, não deixe de pagar a taxa GRU, não se esqueça de levar o recibo original junto com a documentação no posto da Polícia Federal, no dia agendado.

Se não tiver tempo, fazemos todo o procedimento burocrático para você, a assessoria é rápida, segura e barata!
Passaporte Documentação

Porque utilizar um Despachante de Passaporte?

De forma legal e rápida, o Despachante S2 Vistos auxilia as pessoas que desejam solicitar a obtenção do passaporte.

Nossa empresa pode evitar erros no cadastro e no preenchimento do formulário, erros que são muito comuns entre os solicitantes, erros que podem causar transtornos e atrasar sua viagem.

Se o solicitante optar em contratar a S2 Vistos, será realizado todo o procedimento burocrático em nossa empresa, o solicitante terá apenas que comparecer à Polícia Federal no dia agendado para entregar os documentos.

Assessoramos nossos clientes para a emissão do passaporte na Polícia Federal de todo o Brasil.

Renovação de Passaporte

Para a renovação do passaporte, os trâmites são os mesmo que o para emitir um novo passaporte comum, exceto se por uma eventualidade você não tiver o passaporte anterior e nem uma justificativa de legal, desta forma, será obrigatório o pagamento da taxa GRU em dobro.

Valor da Taxa GRU (taxa paga à Polícia Federal)

Solicitação do Passaporte comum, pela primeira vez ou renovação – R$ 257,25. A não apresentação de passaporte anterior implicará no pagamento da taxa GRU em dobro.

Tempo para a emissão do passaporte

Em algumas cidades do pais, o tempo de espera para agendar um horário na Polícia Federal, pode ser de até 60 dias. Após a apresentação dos documentos na Polícia Federal o prazo para a retirada do passaporte é de no máximo 15 dias, caso não ocorra problemas no sistema de força maior, no sistema da Polícia Federal ou na Casa da Moeda.

Quero meu Passaporte:

Seu nome (obrigatório):

Seu e-mail (obrigatório):

Seu Telefone com DDD (obrigatório):

Sua mensagem:

Solicite uma antecipação de agendamento, efetuamos o agendamento na Polícia Federal de qualquer cidade do BRASIL em até 72 horas, se preferir ligue:

Despachante S2 Vistos – (11) 3199 8580 | (21) 3900 8580 | (19) 3029 1990.

Passaporte Documentação

Documentos para Tirar o Passaporte

1 – RG (documento de Identidade, para maiores de 12 anos)
Podem ser aceitos como documento de identidade:

  • – Cédula de identidade expedida por Secretaria de Segurança Pública;
  • – Carteira funcional expedida por órgão público, reconhecida por lei federal como documento de identidade válido em todo território nacional;
  • – Carteira de identidade expedida por comando militar, ex-ministério militar, pelo Corpo de Bombeiros ou Polícia Militar;
  • – Passaporte brasileiro anterior;
  • – Carteira nacional de habilitação expedida pelo DETRAN;
  • – Carteira de identidade expedida por órgão fiscalizador do exercício de profissão regulamentada por lei;
  • – Carteira de trabalho e previdência social-CTPS.

ATENÇÃO!

A pessoa que já teve o nome alterado, a qualquer tempo, em razão de casamento, separação ou divórcio deve apresentar, além do documento de identidade, CERTIDÃO DE CASAMENTO atualizada com as devidas averbações/anotações, para a comprovação de nome(s) anterior(es), mesmo na hipótese do passaporte a ser substituído já estar com o nome alterado.

A pessoa que teve o nome alterado por decisão judicial deve apresentar, além do documento de identidade, certidão de nascimento atualizada com as devidas averbações/anotações, para a comprovação de nome(s) anterior(es).

A criança menor de 12 anos pode apresentar a Certidão de Nascimento em substituição ao documento de identidade.

O documento de identidade apresentado poderá ser recusado se não estiver atualizado ou se o tempo de expedição ou o mau estado de conservação impossibilitarem a identificação do requerente. Para fins de conferência, a fotografia, o nome completo, a filiação, a data e local de nascimento e a assinatura do requerente deverão constar em um ou mais documentos de identidade, salvo o menor de 12 anos que pode apresentar certidão de nascimento, que não contém nem foto nem assinatura.

2 – Título de Eleitor e comprovantes de que votou na última eleição (dos dois turnos, se houve). Na falta dos comprovantes, declaração da Justiça Eleitoral de que está quite com as obrigações eleitorais, ou justificativa eleitoral.

3 – Reservista Militar – Documento que comprove quitação com o serviço militar obrigatório, para os requerentes do sexo masculino a partir de 01 de janeiro do ano em que completam 19 anos até 31 de dezembro do ano em que completam 45 anos.

4 – Certificado de Naturalização, para os Naturalizados.

5 – Recibo original do pagamento da Taxa GRU.

6 – Passaporte comum ou de emergência anterior, quando houver (válido ou não). A não apresentação deste, por qualquer motivo, implica em pagamento da taxa em dobro.

O brasileiro que tiver seu passaporte inutilizado por repartição consular ou de imigração estrangeiras, no Brasil ou no exterior (por negativa de visto ou deportação), não está impedido de requerer novo passaporte. Basta apresentar o passaporte, válido ou não, para cancelamento. Assim, o usuário evitará o pagamento da taxa em dobro e a simulação de extravio do passaporte, que acarreta providências inúteis da PF visando à recuperação do documento.

Em caso de extravio, furto ou roubo do passaporte anterior, preencher e apresentar a Comunicação de Ocorrência com Documento de Viagem.

7 – CPF do próprio requerente, a partir dos 18 anos de idade, se o número deste não constar no documento de identidade apresentado; de um genitor ou responsável ou documento de identidade que contenha o respectivo número, para menores de 18 anos, a comprovação de inscrição no CPF pode ser feita por intermédio da apresentação dos seguintes documentos:

Carteira de Identidade, Carteira Nacional de Habilitação, Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), carteira de identidade profissional, carteiras funcionais emitidas por órgãos públicos, cartão magnético de movimentação de conta-corrente bancária, talonário de cheque bancário e outros documentos de acesso a serviços de saúde pública de assistência social ou a serviços previdenciários, desde que conste neles, o número de inscrição no CPF;

Comprovante de Inscrição no CPF emitido pelas entidades conveniadas à Receita Federal (Banco do Brasil, Correios e Caixa Econômica Federal);

Comprovante de Inscrição no CPF impresso a partir do site da Receita Federal; Outros modelos de cartão CPF emitidos de acordo com a legislação vigente à época.

Encontre estas informações originais no site da Polícia Federal.

Por apenas R$ 100,00 fazemos todo o procedimento para a emissão do passaporte.
(Este valor é válido para o procedimento comum, sem antecipação).

Solicite a ajuda de um profissional especializado, é seguro e evita erros.